Será que tenho um psicopata no trabalho?

Será que tenho um psicopata no trabalho como detectar

Um psicopata é um assassino em série? Nada disso! Pode ter até um psicopata no trabalho, e até ao seu lado na secretária! É o que nós, psicólogos, chamamos de psicopatas corporativos. Será que você tem um ao seu lado? Aprenda a identificar um psicopata aqui.

Para ter uma ideia da dimensão, aproximadamente 10% das pessoas no mercado de trabalho são psicopatas, sendo que desses 16% estão em cargos de chefias em empresas.

Ora, se a empresa onde trabalha tem 100 pessoas, 10 delas são psicopatas. Se tiver 200 pessoas, 20 delas são psicopatas. Já imaginou quantos deles poderão estar ao seu lado?

Mas afinal, o que é um psicopata no trabalho? Não é um serial killer, mas alguém que não olha a meios para alcançar os seus fins. São pessoas que só agem de acordo com os seus próprios interesses. São pessoas que não hesitam em prejudicar os outros colegas de trabalho para ultrapassar os obstáculos.

Como identificar um psicopata no trabalho

será que tenho um psicopata no trabalho

Comecemos pelos chefes. Tendo em conta que 16% dos psicopatas no trabalho ocupam lugares de chefia, convém estar atento.

O seu chefe é daquele tipo que humilha toda a gente, que não faz caso dos seus esforços, que até minimiza os seus resultados? Se é esse o caso, é muito provável que ele seja um psicopata. Geralmente, um chefe psicopata humilha, desdenha e ofusca os funcionários. Ele até pode chegar ao ponto de assediar e perseguir os seus subordinados, e nem por um momento se importar com o facto de poder ferir susceptibilidades.

Quanto aos colegas de trabalho, a probabilidade de ter um psicopata no trabalho é grande. Sabe aquele tipo de colega que manipula toda a equipa, que mente descaradamente, e que até chega ao ponto de se apropriar do trabalho dos outros para subir degraus na empresa? Ele até poderá chegar ao cúmulo de fraudar resultados para alcançar o tão desejado “lugar ao sol”.

Um psicopata é incapaz de sentir empatia. Ele não consegue colocar-se no papel do outro, e por isso mesmo é incapaz de nutrir um sentimento de compaixão ou solidariedade. Remorsos é coisa que um psicopata nunca sente.

Ele não hesitará em quebrar a sua confiança. Se isso lhe trouxer algum retorno, ele nem pensa duas vezes.

Além disso, é um mentiroso compulsivo. Mesmo quando alguém descobre alguma coisa que fez, ele mente e mente novamente, e na próxima oportunidade, vai trair a confiança do colega mais uma vez.

Kevin Ditton, da Universidade de Cambridge, fez um estudo em 2012 onde chegou à conclusão que o ambiente corporativo é o refúgio ideal para os psicopatas. Ditton ainda afirmou que o psicopata no trabalho é especialmente bem recebido em cargos de chefia, e principalmente de alta chefia.

Porquê? Os psicopatas são competitivos e agressivos. Essas são características valorizadas para esses cargos. Além disso, eles são muito focados nos seus objectivos, e farão tudo para alcançar todas as metas, independentemente dos obstáculos que se apresentam.

Como eles são objectivos, frios, e persuasivos, reúnem todas as qualidades para estar à frente de uma grande organização. Estas três características, em particular, são muito valorizadas em algumas carreiras, como vendas, advocacia, e jornalismo, por exemplo.

Nesse estudo, Ditton elaborou um ranking sobre as profissões mais, e menos, prováveis de encontrar um psicopata no trabalho. Confira!

  1. CEO – Director executivo de empresas
  2. Advogados
  3. Profissional de TV ou rádio
  4. Vendedores
  5. Cirurgiões
  6. Jornalistas
  7. Polícias
  8. Membros do Clero
  9. Chefes de cozinha
  10. Funcionários do Estado

Estas são as profissões onde se encontram mais psicopatas. Por outro lado, as menos prováveis são:

  1. Cuidadores de pessoas na terceira idade
  2. Enfermeiros
  3. Terapeutas
  4. Artesãos
  5. Esteticistas
  6. Professores
  7. Artistas
  8. Médicos
  9. Contabilistas
Comentários via Facebook
Agosto 26, 2017

Etiquetas:, , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *